Outubro Rosa - Subsídios para Celebração e Reflexão

03/10/2017

OUTUBRO ROSA

SUBSÍDIOS PARA CELEBRAÇÃO E REFLEXÃO

Pa. Márcia Helena Hulle

Mês de campanha dedicado à saúde, principalmente das mulheres. É uma campanha de conscientização com o objetivo principal de alertar as mulheres e a sociedade sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama e do colo de útero, que em muitos casos pode ser letal. A campanha tem como símbolo o laço cor de rosa.

É bom lembrar que, embora o câncer de mama seja mais comum em mulheres, também homens podem desenvolver a doença. Daí a importância de tratar do tema com diferentes grupos da comunidade.

A campanha do Outubro Rosa é uma oportunidade de trabalharmos o tema de várias formas:

- Explore a simbologia do laço e a cor rosa para divulgar a campanha em sua comunidade;
- Faça contato com a rede Feminina de Combate ao Câncer para a divulgação e distribuição de material informativo na comunidade (são mulheres, em sua

maioria, que passaram pela experiência do diagnóstico e tratamento de câncer de mama, apoiando e informando outras mulheres);

- Motive a comunidade para ações e envolvimento nas campanhas de conscientização desenvolvidas em sua cidade

- Promova palestras com profissionais da saúde que ajudem a comunidade a refletir sobre a prevenção, mas também sobre cuidados referentes ao tratamento do câncer e orientações para quem acompanha pessoas que enfrentam a doença;

- Organize um culto comunitário com enfoque no tema da campanha. Se possível, convide uma pessoa que esteja em tratamento do câncer ou já tenha enfrentado a doença, para compartilhar algo de sua experiência. Em minha caminhada pastoral, tenho percebido essa participação como algo muito significativo e edificante para a comunidade.

 

SUBSÍDIOS LITÚRGICOS - OUTUBRO ROSA

 

Na comunidade onde atuo, reservamos um culto do mês de outubro para tematizar a campanha Outubro Rosa. Os subsídios aqui compartilhados fazem parte da liturgia que preparamos para esse ano.

Durante a celebração, proponho dois movimentos, um para o momento do Kyrie e outro, para o momento após a reflexão. Para quem seguir a proposta, será necessário providenciar, com antecedência, os seguintes materiais para serem colocados em frente ao altar:

- imagem ou recorte do contorno de duas mãos abertas – tamanho aprox.. 90x80cm
- um cesto com pedras, em número suficiente para cada pessoa do culto
- um cesto com flores, em número suficiente para cada pessoa do culto

Sugestões de hinos

HPD 332 - Deus está aqui.
HPD 239 - Damos graças ao Senhor
Kyrie – Rodolfo Gaede Neto
HPD 380 – A tua palavra
HPD 237 – Graças dou por esta vida
HPD 423 – Ao orarmos, Senhor


Saudação e Acolhida

Aqui nos reunimos para semear esperança e celebrar a vida. E o fazemos em nome de Deus Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.

Estamos no mês da campanha Outubro Rosa, um tempo especial dedicado à reflexão sobre a importância da prevenção do câncer.
“Prevenir é um ato de amor ... com você, com seu corpo e com todas as pessoas que lhe amam.” (Priscilla Rodighiero)
Prevenir é um ato de amor e cuidado para com a vida que recebemos de Deus, deste Deus que é a fonte da vida, como nos diz o salmista: “Pois em Ti está a fonte da vida; na tua luz, vemos a luz” (Salmo 36.9).

Oração 

Prece das voluntárias da Rede Feminina

“Senhor,
Pai e Mãe de todas as pessoas,
faz-me lembrar sempre das pessoas que sofrem na mente e no coração.
Faz de mim um instrumento de Tua paz.
Onde esteja uma pessoa desesperada, que eu leve a alegria.
Não me deixes esquecer a responsabilidade de ajudar o próximo.
Faz-me ver quanto a minha vida se enriquece toda vez que conforto e auxilio alguém.
Põe no meu coração o carinho pelas pessoas que jazem na cama com dor.
Senhor,
Ajuda-me a não ser egoísta;
a não buscar pretextos para fugir ao dever de ajudar.
Oh! Pai bem amado,
Guia as pesquisas do mundo inteiro
para que descubram a solução final para o problema do câncer.
Que eu compreenda o privilégio e a importância de ser voluntária nesta cruzada heróica infatigável,
para vencermos o inimigo cruel que se chama Câncer.”
Por Jesus Cristo, nosso Senhor e salvador. Amém


Kyrie
(Um cesto com pedras estará previamente colocado em frente ao altar, junto com a imagem de duas mãos abertas que simbolizam as mãos de Deus. As pessoas serão convidadas a pegarem uma pedra de dentro do cesto e depositá-la sobre a imagem das mãos abertas ou, se não usar as mãos, colocar as pedras sobre a mesa do altar).

L. Comunidade que vive da graça e do amor de Deus, animada e fortalecida por seu Espírito vivificador, não deixa de olhar ao seu redor e de perceber que há muitas situações de dor e sofrimento. Dentre elas, os sofrimentos causados pela doença do câncer.
Clamemos a Deus por sua compaixão. Clamemos a Deus pelas dores deste mundo.
Enquanto cantamos, convido para que venham até à frente, peguem uma pedra do cesto e a depositem sobre o altar (ou sobre a imagem das mãos em frente ao altar). Com esse gesto, simbolicamente confiamos a Deus toda a dor e todo o sofrimento do mundo. Hoje, de forma especial, clamamos com e pelas pessoas que sofrem por causa do câncer. Confiemos a Deus o nosso clamor, cantando:

Música: Kyrie – Rodolfo Gaede Neto
Pelas dores deste mundo, ó Senhor.
Imploramos piedade.
A um só tempo geme a criação.
Teus ouvidos se inclinem ao clamor,
desta gente oprimida.
Apressa-te com tua salvação.
A tua paz, bendita e irmanada co’a justiça.
Abrace o mundo inteiro.
Tem compaixão.
O teu poder sustente o testemunho do teu povo.
Teu Reino venha a nós! Kyrie Eleison!

Oração do dia

Deus da graça e do amor, nós estamos aqui porque queremos orientar a nossa vida por teus ensinamentos. Que teu Santo Espírito nos toque e abra nossos corações e mentes, para que ouçamos e reflitamos sobre a tua vontade para conosco. Que tua Palavra nos fortaleça em sabedoria, paz, amor e na luta, no cuidado por vida digna entre nós. É o que te pedimos, por Jesus Cristo, nosso Senhor e Salvador. Amém.

SUBSÍDIOS PARA A REFLEXÃO

Evangelho: Marcos 8.22-26

- Segundo o evangelho, algumas pessoas trouxeram um homem cego à presença de Jesus, implorando-lhe para que o tocasse. Jesus o pega pela mão, aplica-lhe saliva nos olhos, impõe-lhe as mãos, conversa com ele, pergunta como se sente, ouve o que diz. Outra vez, toca-lhe os olhos e sua visão é restabelecida.

- O gesto de Jesus para com o homem cego é descrito em detalhes: toma o cego pela mão, leva-o a um lugar tranquilo, aplica-lhe saliva sobre os olhos, por duas vezes toca-lhe os olhos com as mãos e, então, a visão é restaurada. Jesus transformou vidas e realidades. Jesus tocou e curou, cuidou, resgatou, protegeu, preveniu, transformou a vida de muitas pessoas que a ele se achegaram. No serviço de amor ao próximo, Jesus revela o amor gracioso de Deus que ainda hoje continua a tocar, curar, transformar vidas e realidades.

- Vida é o bem maior que recebemos de Deus. Cuidar da vida é uma atitude de fé, compromisso e gratidão ao amor de Deus por nós, revelado em Jesus Cristo. Em Jesus temos a revelação de como Deus pode e quer tocar, curar, cuidar, transformar a nossa vida hoje.

- Estamos no mês de outubro, mês de campanha Outubro Rosa dedicada à saúde, principalmente das mulheres. É uma campanha de conscientização com o objetivo principal de alertar as mulheres e a sociedade sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama e do colo de útero, que, em muitos casos, pode ser letal. Mês em que as mulheres são lembradas do quanto suas mãos são importantes na prevenção de um câncer de mama. Fazer o autoexame da mama é um gesto de cuidado para com a sua vida. Mulher que se toca, se cuida! Nossas mãos, quando conduzidas pelo amor de Deus, podem fazer muito por nós mesmos, nós mesmas e também pelas outras pessoas.

Mãos
Há muitas mãos...
Hás vários tipos de mãos:
Há mãos que sustentam e mãos que abalam;
Mãos que se abrem e mãos que se fecham.
Há mãos que afagam e mãos que rasgam;
Mãos que ferem e mãos que cuidam das feridas;
Mãos que destroem e mãos que recebem as pancadas dos outros.
Há mãos que apontam e guiam e mãos que desviam;
Mãos que são temidas e mãos que são desejadas e queridas.
Mãos que dão com arrogância e mãos que se escondem ao dar.
Há mãos que escrevem para promover e mãos que escrevem para ferir;
Mãos que pesam e mãos que aliviam;
Mãos que operam e curam e mãos que amarguram.
Há mãos que se apartam por amizade e mãos que se empurram por ódio;
Mãos finas que provocam dor e mãos rudes que espalham amor.
Há mãos que se levantam pela verdade e mãos que encarnam a falsidade;
Mãos que oram e imploram e mãos que devoram.
Mãos de Caim que matam;
Mãos de Jacó que enganam;
Mãos de Judas que entregam!
Mas há também mãos, de Maria Madalena, que ungem com perfume e as mãos de Simão que carregam a cruz de Jesus.
Onde está a diferença?
Não está nas mãos, mas sim no coração!
É a mente transformada que dirige a mão santificada, dedicada.
É a mente agradecida que transforma as mãos em instrumento de Graça.
Mãos que se levantam para abençoar.
Mãos que se abaixam para levantar a pessoa caída e que se estendem para amparar a pessoa cansada!
São como as mãos de Deus que criam,
Que guiam,
Que salvam,
Que nunca faltam,
Que cuidam.
Há mãos e .... mãos!
(autoria desconhecida)

Que o Deus da Graça e do amor capacite e oriente nossos corações e mãos para o serviço do cuidado da nossa vida, da vida que nos cerca e de toda a criação. Que Deus nos toque com seu amor, assim como Jesus tocou aquele homem cego e transformou a sua vida e todo o seu viver. Assim, queira Deus tocar a nossa vida, para que na prática do amor ao nosso próximo e a nossa próxima, o sirvamos com gratidão e alegria. Amém

Dinâmica Flores
(Junto ao altar, coloque previamente um cesto com flores. Após a mensagem/pregação, convide as pessoas para pegarem do cesto uma flor e a colocarem sobre as pedras que estarão na mesa do altar ou sobre a imagem das mãos abertas. Faça a seguinte motivação.)

Em resposta ao Evangelho e à reflexão, convido a virem e colocarem flores sobre as pedras, simbolizando a graça de Deus em nós. Graça que é amor de Deus, é ânimo, é esperança, é força, é luta pela vida, é cura, é consolo nas perdas. Que ao colocarmos essas flores entre as pedras, lembremos e confiemos que temos um Deus da Graça que nos acompanha e nos fortalece a cada dia de nossas vidas e viver.

Hino: Graças dou por esta vida – HPD 237

(depois que todas as pessoas tiverem colocado as flores sobre o as pedras, chame atenção sobre como as flores (graça) são mais visíveis que as pedras “dores”).

Observem que as flores, que simbolizam a Graça de Deus, se sobressaem em meio às pedras, que simbolizam nossas dores. Graça que nos fortalece na caminhada, na luta contra tudo que destrói a vida, que nos desmotiva. A Graça amorosa de Deus auxilia-nos em nossas dores e nas dores deste mundo.

Oração geral da Igreja

Oremos. Deus da Graça, aqui estamos humildemente em agradecimento pelo teu amor por cada um e uma nós. Agradecemos-te pelo teu cuidado e por nos amar de forma plena e incondicional. Capacita-nos para uma nova forma de vivência, amor e cuidado mútuos. Fortaleça-nos em nossa fé.
Ó Deus! Graças por teu toque de amor diário e que este nos transforme e fortaleça a sermos toques de amor para com outras pessoas e para conosco mesmas.
Deus do amor e do Cuidado! Olha para a nossa nação, que nela possa haver paz e responsabilidade no trato com a vida. Cuida da tua Igreja, olha por nossa comunidade e nos ensina a sermos sinais de tuas bondosas mãos em um mundo que tanto precisa ouvir, falar e viver do teu amor, da tua paz e da tua salvação.
Olha pelas pessoas adoentadas, enlutadas e perseguidas por causa do teu nome.
Intercedemos, Deus da vida, pelas pessoas que lutam contra a doença do câncer. Dá a elas forças, perseverança para lutar pela vida. Também esteja com as famílias que acompanham e cuidam das pessoas doentes de Câncer. Fortalece-as em esperança e confiança.

Deus de amor, pedimos-te: Cuida de todos e todas nós e também daquelas pessoas que não puderam participar do culto de hoje. Tudo o mais que carregamos em nossos corações e mentes compartilhamos contigo ao orarmos assim como Jesus Cristo que nos ensinou: Pai nosso.

Bênção

Que Deus toque nossos olhos, para que possamos enxergar;
Toque nossos ouvidos, para que possamos ouvir;
Toque nossa boca, para que possamos levar adiante a sua mensagem de vida e esperança;
Toque nossas mãos, para que possamos ofertar e servir com disposição;
Toque nossa vida, para que o Espírito Santo possa nos envolver com a esperança que vem de Cristo;
Toque nosso coração e nos permita sentir seu amor.
Assim abençoe o nosso Deus Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.

Canto com gestos:

As minhas mãos estão cheias da tua benção
As minhas mãos estão cheias da tua benção
Todo aquele que eu tocar abençoado será
Toda aquela que eu tocar abençoada será
As minhas mãos estão cheias da tua benção


Márcia Helena Hulle é Pastora da IECLB, na Paróquia Evangélica de Confissão Luterana Blumenau Centro - Sínodo Vale do Itajaí/SC. Agradecemos pela elaboração e partilha do material.

 

 

   


Autor(a): Márcia Helena Hülle
Âmbito: IECLB
Área: Missão / Nível: Missão - Mulheres
Área: Missão / Nível: Missão - Diaconia / Subnível: Missão - Diaconia - Saúde e alimentação
Natureza do Texto: Liturgia
Perfil do Texto: Auxílio litúrgico
ID: 44127
REDE DE RECURSOS
+
Façam todo o possível para juntar a bondade à fé que vocês têm. À bondade, juntem o conhecimento e, ao conhecimento, o domínio próprio. Ao domínio próprio, juntem a perseverança e, à perseverança, a devoção a Deus. A essa devoção, juntem a amizade cristã e, à amizade cristã, juntem o amor.
2Pedro 1.5-7
© Copyright 2017 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br