Diaconia - A fé ativa pelo amor



ID: 2660

Carta Mensagem do 2º Seminário de Formação - Juventudes e Diaconia

12/11/2017

2º Seminári Juventudes e Diaconia
2º Seminário Juventudes e Diaconia - 1
2º Seminário Juventudes e Diaconia - 3
2º Seminário Juventudes e Diaconia - culto na Casa Matriz de Diaconisas
2º Seminário Juventudes e Diaconia - meditação
2º Seminário Juventudes e Diaconia - relatórios
2º Seminário Juventudes e Diaconia -1
2º Seminário Juventudes e Diaconia 2
1 | 1
Ampliar

CARTA MENSAGEM DO 2º SEMINÁRIO DE FORMAÇÃO – Juventudes e Diaconia

Vocês estão nas minhas mãos assim como o barro está nas mãos do oleiro (Jeremias 18.6b)

Há um ano, um grupo de jovens reformadores e reformadoras partiu do primeiro seminário de formação da campanha Juventudes e Diaconia: livres para transformar o mundo com o objetivo de usar suas mãos para multiplicar ações diaconais no trabalho da Juventude Evangélica. Agora, novamente, entre os dias 10 e 12 de novembro de 2017, na Casa Matriz de Diaconisas, em São Leopoldo/RS, estas mãos se reencontraram para renovar o compromisso em prol dessa importante missão de Deus.

O grupo resgatou as diversas ações realizadas durante a campanha, lançada no Congrenaje de Timbó, em 2016. Avaliou-se que, apesar das dificuldades encontradas em um novo desafio para a juventude, as mobilizações foram relevantes e de grande impacto, não só para fora dos muros da Igreja, mas, também, para o fortalecimento e engajamento da JE e das comunidades na diaconia. A diversidade de atividades e de resultados nos encorajam a continuar a caminhada.

A diaconia acontece quando somos sensibilizados e sensibilizadas a ter misericórdia com a pessoa próxima. E quem é essa pessoa? Na parábola do Bom Samaritano, Jesus nos recorda que é toda pessoa que necessita de cuidado e, que, muitas vezes o auxílio vem de quem menos se espera – nos comprometendo a ir ao encontro das pessoas que necessitam.

Um exemplo é a situação das pessoas com deficiência e mobilidade reduzida. A partir do relato pessoal de Tânia Manske, militante desta área, refletimos sobre a situação deste grupo. Apesar de grande parte da população brasileira ser de pessoas com deficiência - 24% de acordo com o senso do IBGE (2010) -, ainda temos grandes desafios em termos de acessibilidade em nossas comunidades e também na sociedade, como, por exemplo, a aplicação de políticas públicas e ocupação efetiva de espaços em conselhos municipais.

Acima de tudo, acolher e cuidar não é algo que fazemos olhando somente para pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida, mas para toda a criação. Outro grande exemplo é o cuidado com pessoas idosas, situação que, afinal, é o futuro de todos e todas nós. Assim, fazer acontecer o encontro entre a juventude e a pessoa idosa é extremamente importante, em termos de envelhecimento da população, diálogo intergeracional, analfabetismo digital e transmissão de vivências. Nós experimentamos um pouco desse potencial em visita ao Lar Moriá, instituição de longa permanência para pessoas idosas localizada ao lado da Casa Matriz de Diaconisas. No momento em que estivemos lá, pudemos compartilhar de um agradável momento de integração, com apresentação, passeio, danças e dinâmicas, que resultaram em mútua alegria.

A experiência acumulada até aqui nos desperta para continuar o trabalho diaconal e, assim, saímos animados e animadas com a nova campanha Juventudes e Pessoa Idosa. Que Deus ilumine esta nova caminhada e, que, como o barro que pode ser moldado, nos capacite para este novo desafio.

Sob a luz do teu olhar sigo em paz a minha estrada,
Pois eu sei que vais guiar cada passo da jornada

(Canção do Cuidado – Hino 567 – Livro de Canto da IECLB)
 


AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

Fé significa confiar e construir sobre a misericórdia de Deus.
Martim Lutero
REDE DE RECURSOS
+
O seu poder é eterno e o seu Reino não terá fim.
Daniel 7.14
© Copyright 2018 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br