Seminário Nacional de Catequistas da IECLB 2017

30/04/2017

Seminário Nacional de Catequistas da IECLB - 2017
Seminário Nacional de Catequistas da IECLB - 2017
Seminário Nacional de Catequistas da IECLB - 2017
Seminário Nacional de Catequistas da IECLB - 2017
Seminário Nacional de Catequistas da IECLB - 2017
Seminário Nacional de Catequistas da IECLB - 2017
Seminário Nacional de Catequistas da IECLB - 2017
Seminário Nacional de Catequistas da IECLB - 2017
Seminário Nacional de Catequistas da IECLB - 2017
1 | 1
Ampliar

Nos dias 29 e 30 de abril de 2017 ocorreu, na Sede do Sínodo Rio dos Sinos, em São Leopoldo/RS, o Seminário Nacional de Catequistas da IECLB. O evento contou com a participação de catequistas que atuam em diversos lugares do Brasil.

Sob o tema “A Confessionalidade Luterana e o Ministério Catequético”, os ministros e as ministras refletiram sobre “O Ministério Catequético à luz da Reforma Luterana”, “Histórico da Formação e Reconhecimento Ministerial para o Ministério Catequético”, “Demandas das Comunidades da IECLB para o Ministério Catequético” e “Percepções no Exercício do Ministério Catequético na IECLB”. O Seminário foi encerrado com Culto Eucarístico na Capela da Casa Matriz de Diaconisas, momento onde foi realizado o Ato de Gratidão pela vida e ministério do Cat. Remí Klein.

O Seminário se constituiu em espaço de formação continuada, (re)encontros, partilha de alegrias e inquietações no exercício do ministério. Também foi momento de gratidão pela atuação do Cat. Remí Klein como Coordenador da Congregação de Catequistas (CONCAT) nos últimos anos e de eleição de uma nova Coordenação para os próximos dois anos.

O grupo expressou as principais reflexões feitas durante o encontro por meio de uma mensagem. Confira abaixo a Mensagem do Seminário Nacional de Catequistas da IECLB na íntegra:

Os fios que nos constituem são muito diversos. São os fios que perpassam a Educação Cristã que nos forma desde nossa infância. São fios que nos trazem o colorido em cada nova vivência de aprendizagem e preparo para a educação na fé de muitas pessoas e que constituem suas próprias tramas. São também diferentes fios, cores e composições que caracterizam o Ministério Catequético na IECLB.

Lembramos, nessas marcas, o período da Reforma, quando Martim Lutero traduziu a Bíblia, escreveu os Catecismos Maior e Menor, utilizou as músicas conhecidas na época colocando nelas letras que transmitissem o Evangelho, para assim alcançar a todas as pessoas em seus contextos. Lutero e Catarina empenharam-se no trabalho missionário de educar na fé, defendendo a educação como tarefa essencial do ser igreja. As pessoas que nos antecederam na história da confessionalidade luterana no Brasil prezaram e fortaleceram essas marcas da Educação Cristã. Iniciaram suas comunidades construindo escolas e igrejas, preocupando-se em colocar professores e professoras para ensinar o povo, pessoas estas que em muitos casos também foram responsáveis pelo cuidado espiritual nas comunidades.

A história da formação em Educação Cristã e do Ministério Catequético em nossa Igreja teve sua primeira regulamentação no Concílio do antigo Sínodo Riograndense, em Panambi/RS, em 1957. A partir de então, muitas foram as iniciativas e os espaços criados para a capacitação de pessoas que pudessem levar o Evangelho de Cristo de uma forma mais lúdica e que perpassasse todas as fases da vida.

Novos e importantes marcos históricos ocorreram em 1992, no XVIII Concílio Geral da IECLB, em Pelotas, com a aprovação amplamente discutida do Estatuto do Exercício Público do Ministério Eclesiástico e da Ordenação de Catequistas, Diáconos e Diáconas, e em 1994, quando aprovada a regulamentação dos três Ministérios, vindo a somar-se logo após nessa regulamentação o Ministério Missionário.

Diversas nomenclaturas identificam essa trajetória de mais de meio século de formação catequética na IECLB: Curso Normal de Formação de Professores Catequistas, ISCET, CSET, IEC, Bacharelado em Teologia com ênfase em Educação Cristã, Bacharelado em Teologia com Especialização no Ministério Catequético.

Nessa trajetória, as histórias de cada catequista identificam uma imensa caminhada de comprometimento com a missão da Igreja por meio da Educação Cristã, tanto nas Comunidades e Paróquias, quanto em áreas e setores bem diversos em nossa sociedade. Exemplos disso são as escolas da Rede Sinodal, da rede pública e outras, universidades, projetos de desenvolvimento comunitário e social, espaços de atuação política, ocupando muitas vezes papeis de destaque. Muitas dessas histórias identificam a amplitude da ação missionária de nossa Igreja, onde o Ministério Catequético contribui de forma muito significativa na formação de pessoas e para uma sociedade mais justa e em coerência com o Evangelho de Jesus Cristo.

Muitos são os desafios diante de um mundo plural que busca respostas e quer viver sua espiritualidade de forma significativa. Essa diversidade exige múltiplos dons para a atuação, clamando por uma voz profética, por uma educação na fé libertadora, inclusiva e humanizadora, que utilize diferentes linguagens para que as pessoas possam vivenciar sua fé de forma integral. No ano em que comemoramos 500 anos da Reforma Luterana e, diante de um contexto que busca fortalecer a atuação interdisciplinar, a IECLB se mantém conectada a esse movimento ao reafirmar em seu último Concílio, realizado em Brusque/SC em outubro de 2016, a importância do Ministério Compartilhado para a sua ação missionária.

Cientes dos desafios e oportunidades do tempo em que vivemos, é preciso fortalecer cada vez mais o exercício do Ministério Compartilhado. Nesse sentido, as dificuldades práticas carecem de um olhar cuidadoso, as dúvidas sobre áreas e espaços específicos e comuns de atuação precisam ser esclarecidas e novas estratégias devem ser desenvolvidas. Evidencia-se a necessidade de ações com vistas à efetiva implementação do Ministério Compartilhado, prezando-se pelo perfil que atenda às necessidades dos campos de atuação e do planejamento missionário da Igreja.

Neste Seminário Nacional de Catequistas da IECLB, realizado no ano de jubileu da Reforma Luterana, reafirmamos nosso desejo e compromisso para com a missão da Igreja. Alegres, dispomo-nos a continuar servindo, trazendo novos fios, cores e elementos para tecer continuadamente a história de fé das pessoas.

Concat - Congregação de Catequistas da IECLB
São Leopoldo, 30 de abril de 2017.

COMUNICAÇÃO
+
ECUMENE
+
Da fé, fluem o amor e a alegria no Senhor, e, do amor, um ânimo alegre, solícito, livre para servir espontaneamente ao próximo.
Martim Lutero
© Copyright 2017 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br