Música na IECLB


Concerto abrilhanta noite e lança chegada dos 500 anos da Reforma

O Teatro da Univates estava lotado na noite de domingo

12/03/2017

Orquestra Jovem do Sesi, cantores solistas, Grupo Vocalize e Vocal Nota Livre (Crédito: Renata Leal)
Orquestra Jovem do Sesi, cantores solistas, Grupo Vocalize e Vocal Nota Livre (Crédito: Renata Leal)
Orquestra Jovem do Sesi, cantores solistas, Grupo Vocalize e Vocal Nota Livre (Crédito: Renata Leal)
Orquestra Jovem do Sesi, cantores solistas, Grupo Vocalize e Vocal Nota Livre (Crédito: Renata Leal)
1 | 1
Ampliar

Lajeado – Faltam exatos 231 dias para a celebração da Reforma Luterana. Mas o dia 31 de outubro vem sendo lembrado e resgatado desde o ano passado, quando ainda restavam 500 dias. Na noite de domingo (12) o Teatro da Univates esteve lotado quando o Concerto da Orquestra Jovem do Sesi juntamente com o Grupo Vocalize e Vocal Nota Livre, além de cantores solos se reuniram para demonstrar o quanto Martin Luther apreciava e acreditava no poder da música e do canto. Diversas comemorações alusivas aos 500 anos da Reforma Luterana estão sendo organizadas por uma Comissão que une as duas igrejas, a Comunidade Evangélica de Confissão Luterana em Lajeado (IECLB) e a Congregação Evangélica Luterana Cristo (IELB).

Para o Pastor da IECLB, Eric Nelson as comemorações ajudam a mobilizar e começar o ano de 2017 de forma unida e motivada tanto pela receptividade das pessoas que estiveram no concerto como por ser um evento em conjunto que envolve muitas pessoas e entidades, além da parceria das igrejas. ''Tem tudo a ver com a Reforma, que uniu dons e talentos de diferentes áreas. A ideia de ter um evento aberto à comunidade em geral era realmente atrair pessoas que valorizem a cultura e a música, afinal esse é um veículo importante da palavra de Deus e daquilo que é bonito e belo, da arte de viver de uma forma mais leve, solta e alegre'', diz Nelson.

O Pastor Mário Hartmann salienta que através do testemunho dos princípios da fé luterana já se administrava as diferenças e transmitia o evangelho e a mensagem deixada pela música. ''Podemos aproveitar bons momentos juntos o que também é maravilhoso. Como marcamos na Reforma diversas áreas da espiritualidade, o retorno é o evangelho que também foi destacado na política, educação e música. Hoje estamos comemorando essas contribuições junto com a comunidade de Lajeado e região, dando o testemunho e mostrando que Cristo é para todos e Deus ama todos'', diz Hartmann, que destaca que é preciso seguir juntos construindo a partir das aprendizagens o que Deus permite desde a Reforma.

Os eventos alusivos a Reforma Luterana seguirão ao longo do ano. No dia 31 de outubro uma grande comemoração está sendo programada para acontecer no prédio do Colégio Evangélico Alberto Torres (CEAT).

A música como inspiração

Foram 13 obras divididas em quatro blocos, com a participação especial do Grupo Vocalize e Nota Livre, além de quatro solistas. Todos cantaram acompanhados pela Orquestra Jovem do Sesi. Cm sintonia abrilhantaram a noite e fizeram o público se emocionar. O maestro da Orquestra Jovem, Edson Wiethölter manifestou a honra de ter a oportunidade de preparar a parte artística da noite. Por ser luterano e ser tocado diretamente no que acredita e prega como gestor do Colégio Sinodal Gustavo Adolfo foi de extrema importância o desafio. ''Foi um grande aprendizado porque falar de Lutero é falar de música, então contextualizar isso dentro no início do ano com instrumentistas foi importante e curtimos fazer esse repertório juntos em tempo recorde'', diz o maestro. As músicas tocadas foram de bandas nacionais e internacionais, todas com contexto de passagens bíblicas. ''Juntamos a melodia profana com poesias sacras, o que Lutero fazia há 500 anos quando acolhia o que as pessoas cantavam popularmente nas comunidades, pegava letras da bíblia e colocava nas melodias''. Edson também pode a partir do concerto mostrar a importância que Lutero teve na propagação do canto em coral, que ainda hoje na região é forte em função da imigração alemã. ''Queríamos com o evento deixar uma mensagem e uma emoção, além do legado que Lutero deixou''.

A regente do Coral Vocalize e do Vocal Nota Livre de Arroio do Meio, Maria Fernanda Giacomet sentiu-se honrada de junto a seus grupos participar desse momento histórico. ''Ficamos felizes com o convite do Edson. O que cantamos são peças que necessitam de orquestra e essa foi uma ótima experiência. Fazer parte dessas comemorações dos 500 anos e lembrar compositores ligados à história nos deixa realizados e felizes'', diz.

Marcando presença

Os aposentados Lilian Petter (55) e o marido Erico Wallauer (61) ficaram felizes em participar desse momento importante de comemorações pelo que Martin Luther trouxe através da Reforma com uma nova visão para o mundo na questão da fé com relação a Deus. ''As Igrejas Luteranas estão interpretando da melhor forma possível a palavra da bíblia. Achamos maravilhoso resgatar parte dessa história através da música e não imaginávamos ver talentos tão preciosos'', dizem. Para eles o evento tocou a comunidade. ''Estaremos participando de todas as datas comemorativas da Reforma Luterana'', afirmam.

Renata Leal 


AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

Um coração repleto de alegria vê tudo claro, mas, para um coração triste, tudo parece tenebroso.
Martim Lutero
REDE DE RECURSOS
+
O meu Deus é a minha força.
Isaias 49.5
© Copyright 2017 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br