Música na IECLB


Cantata da Paixão é realizada na Comunidade em Vitória

30/03/2018

1 | 1
Ampliar

Na sexta-feira da Paixão, 30 de março, na Comunidade em Vitória, aconteceu a primeira Cantata da Paixão. A ideia surgiu da pergunta: Cantata de Natal, sim! Por que não também uma Cantata da Paixão? Aquele que nasceu e foi posto numa Manjedoura é o Mesmo que foi pregado numa Cruz: O Cristo crucificado é o que pregamos (1 Co 1.23-24) e a partir do Batismo (Rm 6.3ss) testemunhamos (Lc 24.48 e At 1.8).

O Diácono Vanderlei Boldt – atual regente do Coral – procurou dar forma à Paixão da Cantata. Ele elaborou um primeiro esboço, escolheu hinos e partituras e em seguida ensaiou intensamente com o coral e aos poucos moldou a liturgia, que teve apenas um ensaio geral. Ao que se pode dizer, a Cantata da Paixão se constitui um misto Canto-Jogral-Dramatização-Oração, em que o coral cantou e interpretou a narrativa da crucificação e a comunidade foi envolvida continuadamente. Houve momentos extáticos e dramáticos – de profundo silêncio, de encenação, de introspecção, de reflexão pessoal e de canto compartilhado.

Além do cenário e hinos cantados pelo coral, a Cantata da Paixão foi composta de leituras bíblicas dramatizadas e reflexão pessoal e contextualizada, oração e contemplação. Entre os textos bíblicos constam João 18 e 19 e hinos destacam-se: Agradecemos-te, Jesus (Nikolas Hermann e Christof Fischer); Ó Fronte Ensanguentada (P. Gerhardt, J.S. Bach); Ó, meu Jesus, que mal tu cometeste (Johann Grüger e Johann Heermann); Nossos corações pertencem (R. Lörcher e Friedrich von Bodelschwingh); Deus nos Amou (Letra: Vanderlei Boldt e Música: Taizé); e Rude Cruz (Geoge Bernnard). O final, após a bênção, em silêncio e luzes todas apagadas na igreja, todos e todas partiram.

A cantata foi realizada no contexto do Tríduo Pascal, que teve a Ceia à Mesa na quinta-feira da Paixão e Culto da Páscoa com Batismo de José Pedro Del Puppo Carvalho (filho de Deliene Del Puppo e Daniel Graça de Carvalho) no Domingo. O Tríduo Pascal 2018 na Comunidade em Vitória teve boa e significativa participação.

Isto nos motiva a continuar e aprofundar a meditação e celebração do significado da Paixão, Morte e Ressurreição de nosso Senhor Jesus Cristo em nosso contexto. Que com a graça de Deus, assim, possamos ser uma comunidade ativa, acolhedora, atrativa, inclusiva e missionária. Muito obrigado a todos e todas que participaram e envolveram nas celebrações!


AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

Bom é o Senhor para os que esperam por ele, para a alma que o busca.
Lamentações 3.25
REDE DE RECURSOS
+
Um cristão não pode ser ofendido a tal ponto que não possa mais perdoar.
Martim Lutero
© Copyright 2018 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br